sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Ano novo, nem tudo tão novo...

Novamente o Ano Novo em Copacabana foi o melhor do Brasil, como a Globo o fez ser, é só não contar a meia duzia de pessoas que morreram de bala-perdida, meia dúzia que nem foram nomeadas, porque assim a imagem deste Reveillon mantem-se " intacta".

Até quando teremos de conviver com alegrias e medo ao mesmo tempo?

Não temos direito de comemorar e nos divertir?

Outra coisa 'nova' é o clipe novo do NXzero. Acho que já vi em algum recanto EMO os próprios cantores da banda vestidos de nerds. Talvez os precursores do NX, um tal de Fall Out boys já tenha feito isso. A idéia é a mesma, só muda a fantasia. E alguem vai ficar criticando os meninos porque eles imitaram o famoso "dance dance"? Espero que não. Até porque nada se cria, tudo se copia.

O mais importante foi o fim da CPMF, isso representa uma economia de 190 reais ao ano para o brasileiro, e o quê o governo faz para compensar? Aumenta outros impostos, agora quem quiser financiar a casa própria pagará mais caro. Também haverá cortes, a idéia é reduzir as despesas, não serão as rendas dos politicos que diminuiram e nem a bolsa familia (uma versão moderna do voto de cabresto) será afetada, talvez porque essa seja a única garantia para a reeleição do PT, mas esse assunto cansa, novamente, nada muda, apenas os cenários e fantasias!