domingo, 28 de novembro de 2010

Conselhos da JuMinako: "Gosto há 5 anos do mesmo menino, e agora?"

Eu gosto de brincar de irmã mais velha, dar conselhos e ajudar minhas amiguinhas mais novas! A vida já é complicada, você tem que lidar com os hormônios, com os relacionamentos humanos e ainda vem a mídia, sabe-se lá porquê, dizendo "Faça isso, seja magra, brigar é legal,etc..." então adoro dar uma visão de quem já passou por ai, de verdade, sem querer vender produtos ou falsas imagens para vocês, jogo a real e às vezes posso ser dura!
Mas já dizia minha mãe, mais vale ser repreendida do que passar a mão na cabeça.
Esta semana recebi dois emails com dúvidas, hoje vai a dúvida amorosa, por isso a imagem da Minako Aino.
"é assim, faz mto tempo que eu gosto de um menino, meu vizinho, ja fiquei com ele sabe... mas ele não sentia NADA por mim,
e agora a gente é suuuuuuuuuuuuuuper amigo e sei lá, é estranho... não sei lidar com a situação, pq alias eu gosto dele ainda... gosto mto, pq eu TREMOOO quando tô do lado dele sabe, eu vejo ele e meu coração DIIIIIISPARAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA;

eu perdi meu BV *com ele, e nunca mais gostei de outro garoto. hj tenho 17 anos e ja fazem 5 ANOS, que eu gosto dele...
Não consigo falar pra ele...


aaaaaaaaaaaaaaaaaah é mais ou menos isso, não consigo fala mais, pq ja to quase chorando."
*perder o BV= dar o primeiro beijo.
 
Oi Menina!
Tudo que é a primeira vez marca a gente, não é a toa que dizem que a gente nunca esquece! Junte isso à alguém que é próximo e que gostamos e pronto, fica difícil esquecer.
Você só tem 17 anos, e sei que é chato ouvir isso, eu mesma odiava quando me falavam: "não é o primeiro nem será o último" e agora entendi que é assim mesmo.
Logo você vai conhecer outra pessoa que vai mexer com você deste jeito!Te garanto!E o melhor: ele vai corresponder!
O relacionamento só funciona quando os dois estão no mesmo clima.
Se ele já falou que não sente nada, dificilmente vai passar a sentir, ainda mais que já foram 5 anos! Mas você tem a chance de deixar seu coração disparar por outra pessoa!!!

VAMOS PENSAR RACIONALMENTE: ele já falou que não rola nada, vale a pena chorar? Não!

Seja feliz, lembre-se que a felicidade esta dentro de nós! Não é um namorado, um amigo que vai te completar!

Obrigada pela pergunta!
No próximo post coloco a outra, a pergunta é bem interessante, sobre primeiro emprego!
Mande a sua também!E logo farei twitcam de fim de ano!

beijos

2 comentários:

Viwianny disse...

Sabe?! Eu já vivi uma paixão assim, essa paixão platônica durou 7 anos, eu trabalhava com essa pessoa, quando eu a conheci foi paixão a primeira vista, nós trabalhavamos em andares diferentes e pelo menos por um ano eu não tive coragem de fazer amizade com essa pessoa, tamanha era a paixão, no segundo ano trabalhavamos no mesmo andar do prédio, então ficou mais fácil puxar assunto e fazer amizade, a partir de então eu passei a viver por essa pessoa, fiz até vestibular e entrei na faculdade para ficar mais tempo junto dela; as pessoas perguntavam se eramos irmãos, eu dizia que não, ainda bem, eu odiava a faculdade de administração, mas precisava estar junto dela, até que eu não aguentei mais a faculdade e tranquei a matricula, mas continuei a fazer trabalhos e pesquisas para ajudar essa pessoa, corria o risco de perder o emprego pois tirava xerox de livros inteiros para essa pessoa no meu serviço, mas isso não importava, o que eu não queria perder era a atenção dela, eu presenteei essa pessoa com coisas que eu nunca pensei em dar para minha mãe, eram presentes de R$ 300,00 em média e o pior de tudo é que na época essa peessoa estava namorando, os anos foram passando e eu fazendo de tudo para essa pessoa e me contentando com um simples obrigado, eu sofria muito, chorava muito, tinha muito ciúmes e era incapás de perceber o papel de idiota que fazia, essa pessoa que se dizia minha amiga, se aproveitava do dos meus sentimentos e em nenhum momento me disse "Acorda você não percebe que eu não quero namorar contigo!", não essa pessoa me pedia dinheiro emprestado, me fazia digitar o TCC pra ela e eu obedecia, movida pela paixão cega, um dia eu acordei desse estado de torpor e percebi quanto tempo eu havia perdido por essa pessoa, foram 7 anos desperdiçados e o que eu ganhei com isso; maturidade? Sim, mas o prejuizo emocional foi maior, mas hoje eu superei, essa pessoa nem existe mais pra mim, virou passado, hoje eu estou solteira, mas sou mais feliz.

BeiJu grande,
Vivi.

thais disse...

Adorei.