quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Útero em chamas

Essa coisinha fofa da foto causou ontem na faculdade um fenômeno conhecido por útero em chamas!

Eu sempre pensei, filhos?Tá maluco? Se é menina sofre de anorexia com 14 anos, se corta aos 15, engravida aos 16. Se é menino quebra uma parte diferente do corpo por semestre, começa com machonha na oitava série, repete o primeiro colegial, repete o segundo colegial, repete o terceiro colegial.
Mas quando eu pensava isso eu era mais nova e não estava nem um pouco a fim de crescer. Um ex namorado, que vivia no conflito quero/não quero filhos, quero/não quero casar, dizia que a mulher depois de uma certa idade passava pelo útero em chamas, que é quando a sujeita não pode ver um bebê que quer pegar no colo, se emociona ao ouvir a risadinha de um pequeno.
Ontem a turma inteira do japonês da USP passou por isso, nossa colega levou a pequena Akemi, de 6 meses, um destes bebês sociáveis, que vão no colo, ficam quietinhos e dão risadas para todos.

Fiquei pensando que um dia talvez queria ter um meu...Um dia!
Por enquanto a minha cachorrinha já me exige bastante atenção e responsabilidade!

2 comentários:

Fernanda disse...

Opa, estamos todas com o útero em chamas! Eu também queria um bebê agora, mas é melhor esperar o "um dia" chegar! =D

JuMinako disse...

é fê!! eu vi a sua cara!! Cade o bebe gaúcho?